Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2

Título Original: Harry Potter and the Deathly Hallows: Part II
Diretor: David Yates
Roteiro: Steve Kloves
Elenco: Daniel Radcliffe (Harry Potter), Rupert Grint (Ron Weasley), Emma Watson (Hermione Granger), Alan Rickman (Prof Severo Snape), Michael Gambon (Prof Alvo Dumbledore), Maggie Smith (Profa Minerva McGonagall), Gary Oldman (Sirius Black), Ralph Fiennes (Lord Valdemort), Helena Bonham Carter (Belatriz Lestrange), Tom Felton (Draco Malfoy), Bonnie Wright (Gina Weasley), Emma Thompson (Profa Sybila Trelawney), John Cleese (Nick Quase Sem Cabeça), Robbie Coltrane (Hagrid), David Bradley (Argus Filch), Jason Isaacs (Lucio Malfoy), Mark Williams (Arthur Weasley), David Thewlis (Professor Lupin), Timothy Spall (Peter Pettigrew), Clémence Poésy (Fleur Delacour), Julie Walters (Molly Weasley), Helen McCrory (Narcissa Malfoy), Jessie Cave (Lavender Brown), Jim Broadbent (Horácio Slughorn), Ciarán Hinds (Aberforth Dumbledore), George Harris (Kingsley Shacklebolt), Benedict Clarke (Jovem Snape), Bertie Gilbert (Scorpio Malfoy)
Ano: 2011

Baseado na obra de J. K. Rowling

Sou fã de Harry Potter. Admito. Talvez essa minha afirmação possa parecer estranha para uma mulher com 30 e poucos anos de idade (rsrsr…), mas a verdade é que, a história do menino que descobre ser um bruxo me cativou e acompanhar seu amadurecimento em cada um dos livros e filmes foi um prazer imenso, que agora, infelizmente, chega ao fim com a estréia nos cinemas da adaptação da parte final do último livro, Harry Potter e as Relíquias da Morte.

O universo imaginado pela autora J.K. Rowling ganhou dimensões inimagináveis no mundo dos trouxas e, conseguir agradar fãs dos livros, dos filmes e, mais recentemente, do parque de diversão, foi um trabalho árduo, porém lucrativo, de diversos diretores que estiveram por trás das câmeras nos oito filmes da cinesérie. O resultado sempre foi o público comparecendo em massa em cada um dos lançamentos, batendo recordes de bilheteria e levando a decisão certeira de dividir o sétimo livro em dois filmes, o que se mostrou não uma jogada de marketing para postergar o fim da rentável série, mas uma forma de presentear os fãs, criando o final da história de modo a fechar todos os pontos soltos, permanecendo fiel ao livro que o originou.

Enquanto na parte 1 tivemos um filme mais lento, sombrio, que mostrava Harry, Rony e Hermione fugindo de Valdemort e seus aliados, ao mesmo tempo em que procuravam os pedaços da alma “Daquele que não deve ser nomeado” e enfrentavam seus próprios fantasmas, na parte 2, o público pôde presenciar a tão temível guerra, tendo como cenário uma Hogwarts defendida pela Ordem da Fênix, professores e, principalmente, alunos.

Guardada as devidas proporções e adaptações para a telona, o livro foi levado fielmente para as telas: Snape diretor e a revelação da sua verdadeira identidade, a busca pelas últimas horcruxes, a batalha com a participação de lobisomens, aranhas e gigantes, o esperado casal, entre muitos outros fatos e eventos que atingem o ápice com as tristes mortes de personagens queridos e o aguardado confronto entre Harry e Voldemort.

Um filme maravilhoso, conduzido com maestria por David Yates (responsável também pela parte 1 e de mais dois filmes da série) e que encerra com chave de ouro os dez anos do bruxinho no cinema. Para bruxos e trouxas, agora órfãos de aventuras inéditas nos livros e no cinema, resta rever todo o vasto material disponível em diferentes tipos de mídia e se deixar emocionar, sempre.

Patrícia Quintas
23/07/2011

Alguns dos outros atores que deram vida à magia de Hogwarts no cinema: Richard Harris (Dumbledore, nos filmes 1 e 2), Robert Pattinson (Cedrico Digorry), Kenneth Branagh (Gilderoy Lockhart), (Dolores Umbridge), Terence Bayler (Barão Sangrento), Richard Griffiths (Tio Válter), Shirley Henderson (Murta-que-Geme), Fiona Shaw (Petunia Dursley), Julie Christie (Madame Rosmerta), Brendan Gleeson (Alastor `Olho-Tonto´ Moody), Stanislav Ianevski (Viktor Krum), Miranda Richardson (Rita Skeeter), Imelda Staunton (Dolores Umbridge), Hero Fiennes Tiffin (Tom Riddle – infância), Frank Dillane (Tom Riddle – adolescência), Rhys Ifans (Xenophilius Lovegood), Bill Nighy (Rufus Scrimgeour).

Anúncios
Esse post foi publicado em Filmes e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s