Sherlock Holmes

Direção: Guy Ritchie
Roteiro: Anthony Peckhan
Elenco: Robert Downey Jr., Jude Law, Rachel McAdams, Mark Strong
Ano: 2009

Esqueça o Sherlock Holmes do escritor Arthur Conan Doyle. Esqueça também o personagem que já foi retratado em inúmeros filmes ou referenciado em diversos livros. O Sherlock Holmes criado por Guy Ritchie é único, bem como seu fiel companheiro, o Dr. Watson. Talvez sejam esses os motivos que tornam o filme fraco e, simultaneamente, uma boa diversão.

Ritchie criou um Holmes que, quando não está exercitando o cérebro, prefere se isolar e fazer experiências com o seu animal de estimação do que ter que lidar com a iminente partida de Watson. Indiscreto e egocêntrico, Holmes só parte para a nova aventura para saciar sua curiosidade sobre o empregador da ex-namorada mas, principalmente, para utilizar a investigação para dissuadir o companheiro do casamento. Porém, em nenhum momento sabemos o porquê Holmes é desse jeito ou o que levou Watson a ser o fiel amigo (e protetor) do importante detetive.

Percebe-se claramente que Ritchie utilizou apenas a pré concepção que todos possuem: Holmes é um ótimo detetive e Watson o acompanha. E só. Porém, ao mudar drasticamente o restante já conhecido, o diretor deveria ter aprofundado seus personagens, criado uma base para entendermos de onde eles veem e para onde vão. Como exemplo, ele poderia ter se baseado na franquia Homem-Aranha ou os mutantes X-Men.

Mas, deixando de lado a superficialidade dos (novos) personagens, o filme do diretor responsável por “Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes” é uma boa aventura, cheia de mistérios e reviravoltas. Porém, o que mais impressiona, são as cenas de luta (ok, pode ser absurdo imaginar Sherlock Holmes lutando luta livre mas lembre-se que estamos falando do Holmes atual…): primeiro, vemos o personagem descrever o que fará com o adversário para, depois, presenciarmos o fato. Muito interessante, apesar de nada inovador.
No geral, o filme cumpre o objetivo maior de qualquer filme: entreter. Então, que venha a sequência, a qual já está em pré-produção.

Patrícia Quintas
24/01/2010

Anúncios
Esse post foi publicado em Filmes e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Sherlock Holmes

  1. Tuca Passarelli disse:

    Achei esse Sherlock um chato de galocha! E olha qu Robert Downey Jr. é TUUUUDO no meu conceito de “interessante”. Não consegui ver esses filmes – aliás, vindo do Guy Ritchie, só aguento ouvir (e pouco) a ex-senhora Ritchie. O cara é muuuuuito chato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s