Histórias Cruzadas

Título Original: The Help
Direção: Tate Taylor
Elenco: Viola Davis, Emma Stone, Bryce Dallas Howard, Allison Janney, Sissy Spacek
Ano: 2011

No estado americano do Mississipi, na década de 60, a segregação racial vigora com força e apoio do governo. Recém formada, uma aspirante a jornalista decide escrever sobre a relação de negros e brancos do ponto de vista das empregadas negras das famílias brancas. É o início de uma história de coragem dessas mulheres que passam a enfrentar o preconceito e a lei.

Skeeter, interpretada por Emma Stone, é diferente das demais mulheres sulistas. Enquanto elas buscam um marido para um bom casamento, seguido de uma rotina tediante da vida do lar, com filhos indesejados e empregadas, ela quer ser jornalista. Então, mesmo sem conhecimento de causa, aceita escrever dicas de limpeza para donas de casa, contando com o apoio da empregada negra, Aibileen. Dessa relação, surge a idéia de ouvir o ponto de vista da empregada no relacionamento com patrões brancos durante toda sua vida. Em meio a depoimentos tristes e relatos verdadeiros sobre as vidas da perfeita sociedade sulista americana, Skeeter e Aibileen descobrem, cada uma, possuir coragem e determinação que irá modificar a vida de ambas, bem como das mulheres que as cercam.

Descrever que o filme é bonito é pouco. Pontuado por uma trilha sonora e incidental perfeita, nos envolvemos  na história de Aibilen de maneira visceral. Sentimos suas dores, sua revolta e sua tristeza. Situando-nos no momento histórico que os Estados Unidos viviam (o discurso de Martin Luther King e o assassinato de John F. Kennedy), acompanhamos um lado vergonhoso da história da humanidade: a separação com base na cor da pele. Negros eram tratados como cidadãos de segunda classe, portadores de doenças que poderiam ser transmitidas ao simples toque, impedidos de utilizar o mesmo banheiro que os brancos. Em contrapartida, esses mesmos cidadãos de suprema excelência, viviam de aparências, sem dinheiro, com casamentos arranjados, negligenciando a educação – e principalmente, o amor – dos filhos às negras, empregadas que eram tratadas com desprezo e ingratidão.

Interpretações primorosas de Viola Davis, Allison Janney, Emma Stone, Bryce Dallas Howard e de todo o elenco de apoio (uma injustiça, pois são todas principais), tornam o filme obrigatório para todos, aqueles que gostam de um bom filme, aqueles que gostam de história, aqueles que gostam de se emocionar. Imperdível!

E uma mensagem de autoestima nas palavras de Aibileen: “Você é Gentil, Você é Esperta, Você é Importante!”.

Patrícia Quintas
16/02/2012

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Filmes e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Histórias Cruzadas

  1. Adorei este filme, é simplesmente perfeito mesmo que alguns críticas acharam o filme muito voltado para o “social”. Atenção para o final do filme onde a criança clama pela volta da empregada que é mandada embora por um simples capricho e não desmerecimento em suas atividades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s