Amor Sem Escalas

Título Original: Up in the Air
Direção: Jason Reitman
Roteiro: Jason Reitman e Sheldon Turner
Elenco: George Clooney, Vera Farmiga, Anna Kendrick, Jason Bateman
Ano: 2009

Ryan Bingham tem um serviço ingrato. É dele o trabalho de demitir funcionários em várias empresas espalhadas pelos Estados Unidos. Por isso, ele deve viajar de um lugar para o outro, carregando apenas o suficiente em sua mala de mão e abandonando sua casa e sua família. Mas isso não incomoda Ryan, pois ele está prestes a realizar seu maior sonho: acumluar 10 milhões de milhas aéreas e fazer parte de um seletíssimo grupo. Porém, uma novata na empresa está ameaçando o sonho de Ryan de virar realidade e ele precisa defender o seu trabalho e ensinar a jovem como demitir pessoas usando o coração (!?). Com esse roteiro nada convencional e adequadíssimo a realidade atual, o diretor Jason Reitman mostra um filme divertido e interessante de assistir e analisar.

O diretor Reitman, responsável por Juno e Obrigado por Fumar, apresenta com uma crueldade fria e direta a onda de demissões que assolam os Estados Unidos nessa crise mundial que afetou o mundo todo. E nada melhor do que amenizar um tema tão árduo quanto ver o galã e politicamente engajado George Clooney no papel principal. Clooney interpreta Ryan Bingham com uma honestidade e energia avassaladora, que vão dos momentos cara-a-cara da demissão, quanto ao momento “papo de homem” com o futuro cunhado (o discurso pró casamento é bárbaro, principalmente quando se sabe que o ator é um solteirão convicto!).

Apesar de centrado em Bingham e sua vida dentro de um avião (fato inquestionável quando conhecemos o irretocável apartamento do mocinho), o filme ainda trás ótimas interpretações de Vera Farmiga, como a Bingham de saia, Jason Bateman, em sua segunda colaboração com Reitman, como o chefe que vê seu melhor momento nascer junto ao pior momento do país e também a novata Anna Kendrick, vista recentemente nos dois filmes da Saga Crepúsculo, como a jovem romântica e cheia de ideais que decide implantar um novo conceito na empresa.

Um filme que trás muito além do que a possibilidade de acumular milhas…

Em tempo: o filme e o ator George Clooney foram indicados ao Oscar de Melhor Filme e Ator, respectivamente. Será que leva os dois prêmios???

Patrícia Quintas
25/02/2010

Anúncios
Esse post foi publicado em Filmes e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s