Branca de Neve e o Caçador

Título Original: Snow White and the Huntsman
Direção: Rupert Sanders
Elenco: Kristen Stewart, Chris Hemsworth, Charlize Theron
Ano: 2012

Após o horrível “Espelho, Espelho Meu” (Mirror, Mirror, 2012), a história da Branca de Neve volta a ser contada este ano no cinema com a atriz Kristen Stewart, aka Bella da “Saga Crepúsculo”, no papel principal.

Na trama, a rainha má, interpretada pela oscarizada Charlize Theron, manda matar sua enteada para utilizar o coração da garota como “mandinga” pra ser sempre bela. Porém, a menina se torna amiga do caçador – o atual Thor dos Vingadores – e juntos, aliados aos anões e a todo o reino, tentarão tomar o reino da rainha déspota.

Em primeiro lugar, tenho certeza absoluta que, toda a produção, inclusive os atores, devem ter achado que o reino estava sob algum feitiço maligno ao acreditar, CEGAMENTE, que Kristen Stewart, sua boca torta e seu cabelo de lado são mais bonitos que Charlize Theron. É insano. Deve ser por isso que Theron interpreta sua rainha totalmente despirocada, cheia de olhares arregalados e aos berros… ela devia estar se questionando como aceitou esse papel sem antes saber quem iria ser sua antagonista. No já referido filme co-irmão, Julia Roberts não teve tanto trabalho ao interpretar sua rainha, pois a Branca de Neve de Lilly Collins é meio “tapada” e como todo filme tem a aura de comédia – vide a dancinha ao final da projeção – tudo que era colocado ali dava pra acreditar na boa. Já neste “Branca de Neve e o Caçador”, tudo é elevado ao extremo da dramaticidade, apesar de nunca de fato alcançá-la (vide o discurso da Branca para motivar sua tropa).

Transformando a personagem título em uma guerreira e esquecendo do seu outro personagem principal (o Caçador é esquecido, tornando-se apenas um guarda-costa de luxo), o diretor estreante parece ter feito um filme para agradar tanto aqueles que gostam de ação como as crianças e vovós, apesar de não obter sucesso em nenhuma das vertentes.

Dizem que o estúdio está estudando uma idéia de continuação, já que o filme não acaba como a história é popularmente conhecida. Espero que alguém tenha a serenidade suficiente para arquivar tal idéia…

Patrícia Quintas
09/09/2012

Anúncios
Esse post foi publicado em Filmes e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s