Wolverine: Imortal

Wolverine-Imortal-poster-2Título Original: The Wolverine
Direção: James Mangold
Elenco: Hugh Jackman, Famke Janssen, Rila Fukushima, Tao Okamoto, Svetlana Khodchenkova, Hal Yamanouchi
Ano: 2013

“X-Men Origens: Wolverine” lançado em 2009 pretendia ser uma série de filmes de origem, ou seja, mostrando como cada um dos principais mutantes surgiram e o que os motivava. Porém, com o fracasso do filme na bilheteria, restou arquivar o projeto (o filme sobre Magneto não saiu do papel) e a luz verde do estúdio para um novo filme do herói com garras de adamantium só veio a partir da adaptação de uma das melhores histórias de Wolverine, aquela que conta a sua passagem pelo Japão.

Situando este filme na cronologia mutante, ele se passa logo após os eventos do terceiro filme dos X-Men, no qual Wolverine mata seu grande amor, Jean Grey, após ela se tornar a Fênix Negra. Assombrado por seu passado, ele se esconde nas florestas do Canadá quando é descoberto por Yukio, uma jovem mutante que o leva para o Japão para que seu mestre possa se despedir de Logan. Yashida e o mutante se conheceram quando Nagasaki sofreu o ataque nuclear durante a Segunda Guerra e o japonês somente sobreviveu porquê Logan o protegeu quando a bomba explodiu. Agora, muito doente, Yashida é dono de um império da comunicação e tem apenas a neta, a bela Mariko, ao seu lado.

Durante o funeral de Yashida, a máfia japonesa ataca e Logan tem que proteger Mariko. Na fuga, eles se apaixonam e ele percebe que perdeu o poder da cura, obra da médica de Yashida, a vilã Víbora, uma clone da Hera Venenosa de Uma Thurman (“Batman & Robin”, 1997). Resta a Logan entender o que está acontecendo, recuperar seu poder de reabilitação e resgatar Mariko.

Como filme de ação, “Wolverine: Imortal” é um ótimo filme. Sequências bem ensaiadas ou com ótimos recursos tecnológicos (as lutas em cima do trem bala são de tirar o fôlego) fazem o filme ser uma ótima aventura. É raro ver em uma produção americana o respeito às línguas estrangeiras; aqui, há longas sequências faladas em japonês com legendas. Outro aspecto bem trabalhado é o confronto entre as culturas. Afinal, Wolverine é um ser errante, guiado pelo próprio instinto, enquanto no Japão temos vestimentas formais e casamentos arranjados ainda nos dias de hoje.

Porém, como filme de mutante, falta ao filme um “algo a mais”.  A luta entre Logan e Shingen torna-se entediante pelo simples fato de que uma espada não poderia deter o metal mais resistente do mundo; o surgimento do Samurai de Prata, relegado ao último ato do filme, torna-se uma afronta aos fãs dos quadrinhos que sabem que foi Magneto quem retirou o adamantium do corpo de Logan.  Contudo, o filme tem ótimos momentos, ressaltando o momento em que Wolverine é atingido por centenas de flechas envenenadas e seu corpo cai na neve.

Agora, o momento que mais marcará o público é com certeza a cena que aparece logo no início dos créditos iniciais: daqui a dois anos, em um aeroporto, Logan continua sem o adamantium quando é interceptado por Magneto e o Professor Xavier, que o convoca para uma missão que definirá o futuro da raça mutante. É a prévia para o próximo filme dos X-Men, “Dias de um Futuro Esquecido” que trará novamente Bryan Singer na direção e reunirá o elenco da trilogia mutante àqueles apresentados em “X-Men Primeira Classe”.

Enquanto 2014 não chega, ficamos com “Wolverine: Imortal”, um bom filme, com gosto de quero mais…

PS: Na cena em que Logan confronta o noivo de Mariko, comentando sobre “sua voz grossa e sua cueca vermelha”, fica impossível não rir e lembrar de um certo herói do planeta Krypton…

ingresso

ingresso

ingresso

Patrícia Quintas
31/08/2013

Cobertura Especial do Omelete: http://omelete.uol.com.br/wolverine-imortal/
Ótima crítica de Roberto Sadovski: http://robertosadovski.blogosfera.uol.com.br/

wolverine-imortal

Wolverine-Imortal-poster-nacional-03Abr2013Wolverine-Imortal-poster-1Jun2013

Wolverine-Imortal-poster-2

Anúncios
Esse post foi publicado em Filmes e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s