CONACINE

a_jornada_do_Heroi_Artur_AndradeTá rolando desde 2ª feira, 20/10, o CONACINE, Congresso Nacional de Cinema.

Até 6ª feira, quem se inscrever gratuitamente poderá conferir 18 palestras grátis sobre a Sétima Arte.

Organizado por Fernando Imperator (fernando@conacine.org), as palestras estão bem interessantes, além de concorridas (quem quiser assistir tem que ficar esperto!).

Já pude conferir “Uma breve introdução à linguagem cinematográfica” com Tiago Belotti do Canal Meus 2 Centavos (www.youtube.com/user/tiagobelotti) e “A Jornada do Herói e sua grande influência no cinema” com Artur Andrade, do site Tardis (tardis.com.br). É da palestra do Artur que eu copiei a imagem que ilustra este post, além de trazer abaixo os detalhes dos livros mencionados por ele:

“O Herói de Mil Faces” – Joseph Campbell
Sinopse: Embora apresentem amplas variações em termos de incidentes, de ambientes e de costumes, os mitos de todas as civilizações oferecem um número limitado de respostas aos mistérios da vida. Em ‘O herói de mil faces’, Joseph Campbell – reconhecidamente, um dos maiores estudiosos e mais profundos intérpretes da mitologia universal – apresenta o herói compósito; Apoio, Wotan, Buda e numerosos outros protagonistas da religiões, dos contos de fada e do folclore representam simultaneamente as várias fases de uma mesma história. O relacionamento entre seus simbolos intemporais e os simbolos detectados nos sonhos pela moderna psicologia profunda é o ponto de partida da interpretação oferecida por Campbell. O ponto de vista psicológico é, então, comparado com as palavras proferidas por grandes líderes espirituais, como Moisés, Jesus, Maomé, Lao-Tzu e os Anciãos das tribos australianas. Oculto por trás de um milhar de faces, emerge o herói por excelência, arquétipo de todos os mitos.
Fonte: site Livraria Cultura

“A Jornada do Escritor” – Christopher Vogler
Sinopse: O livro ‘A jornada do escritor’, de Christopher Vogler, busca enumerar ao leitor todas as etapas de construção de personagens e situações necessários para se escrever uma boa história. Para isso, o autor usa estruturas míticas bastante conhecidas como base para o seu roteiro de escrita. O livro é dividido em três seções. A primeira descreve cada uma das personagens que são essenciais para qualquer tipo de história. A segunda propõe estágios ou situações primárias para que a narrativa tenha boa fluência até o final. Por fim, o epílogo faz um resumo da viagem e os apêndices usam ‘A jornada do escritor’ para analisar roteiros de filmes de sucesso como ‘Titanic’, ‘Guerra nas estrelas’ e ‘Pulp Fiction – Tempo de violência’. Christopher Vogler propõe ao leitor que crie novos caminhos para a sua própria jornada de escritor. Com este objetivo, ao fim de cada capítulo há uma seção com perguntas para o pleno entendimento e aplicação dos conceitos utilizados por Vogler, a fim de que o escritor seja bem-sucedido em sua viagem que é escrever.
Fonte: site Livraria Cultura

Não deixe de conferir as palestras do CONACINE e compartilhar o seu amor pelo Cinema.

Patrícia Quintas
22/10/2014

Anúncios
Esse post foi publicado em Eventos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s